A cilada de Mary-Ann

Romance policial de vingança contra abusadores.

Neste drama psicológico, o autor cria um jogo metalinguístico em torno de um escritor famoso, sua assistente misteriosa e os textos a eles relacionados, que revelam, implicitamente, suas principais inclinações e segredos, ao longo da narrativa. Junto a este quebra-cabeça, a obra, em suas intenções catárticas, explora temas controversos e põe em julgamento o caráter humano.