Quem tem medo de ação trabalhista?

No ano de 2020, foram apresentados 2.570.708 (dois milhões, quinhentos e setenta mil, setecentos e oito) novos casos na Justiça do Trabalho, o que corresponde a cerca de sete mil novas ações por dia. A cada 100.000 habitantes do país, 1.214 pessoas ingressaram com pelo menos uma ação ou recurso na Justiça do Trabalho em 2020.

Esses dados foram fornecidos pelo Tribunal Superior do Trabalho e estão disponíveis no site https://www.tst.jus.br/web/estatistica/jt/relatorio-geral

Diante desses números, é natural que os empregadores tenham receio de, mais cedo ou mais tarde, serem réus de processos trabalhistas.

Realmente, um réu despreparado pode sofrer graves perdas financeiras nos autos de um processo, seja ele um simples empregador doméstico ou um grande empresário.

Com base na observação dos erros mais comuns cometidos pelos réus em processos trabalhistas, foi elaborado este material com 10 dicas práticas de sobrevivência.

O eBook aborda, de forma simples e direta, questões que parecem óbvias, mas muitas vezes são ignoradas, e determinados detalhes desconhecidos por réus e advogados menos habituados à prática trabalhista.

É indicado, portanto, para empregadores em geral e para advogados.